Caminhos

Caminhos
Porque não pode haver outra forma senão a de existir tal como somos...

domingo, 30 de outubro de 2016


Não te detenhas. Não olhes para trás. Há muitos companheiros de viagem ainda à tua espera. Precisam de ti sentados nas clareiras com fogo e danças de roda, sorrisos e palmas. Falta muito para o fim do caminho. Aprende com as pedras que te ferem os pés e com as silvas que te rasgam a carne, mas não te detenhas. Caminhar em frente é a cura das feridas. O mal também te constrói e purifica. Erras. Levanta-te. Só serás completo se aprenderes. Continua o teu trilho e observa os caminhantes que se cruzam momentaneamente contigo. Todos te trazem lições. Absorve-as e lá ao fundo serás pleno e inteiro e terás sabedoria, quando fores recebido na clareira com sorrisos, palmas e cantares à volta da fogueira.


26 comentários:

  1. Maravilhoso texto, Graça! Realmente o caminho é para se fazer sempre sem parar. Peregrinos que somos...
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Peregrinos que somos" :))
      Beijinho grande, Graça, obrigada

      Eliminar
  2. As cores do silêncio incendeiam-se de sorrisos, palmas e afagos para quem fizer o caminho. A sabedoria é a maior recompensa.
    Belo texto - bela licao. Tudo de bom para a Graça. E obrigado.

    ResponderEliminar
  3. Gostei muito do texto, Graça, pleno de intenção numa determinada forma de encarar o caminho. Apenas ponho reticências ao facto de, quem chegar à sabedoria, ser recebido com palmas e cantares. É que, tenho para mim, o caminho da sabedoria é demasiado solitário, muito para lá dos aplausos.

    Um beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo totalmente consigo. As palmas não são para a sabedoria, pois ela é interior, mas sim para os caminhantes que se esforçaram para que o seu caminho valesse a pena, os que erram e aprendem com os erros!
      Infelizmente, há também os que aprendem pouco e não querem sabedoria. Muitas vezes são estes os alvos dos aplausos.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. Muito bonito, Gracinha.
    Tenho andado longe de tudo. Vi que tens produzido bastante por aqui e que eu tenho perdido.
    Beijinho especial. :))

    ResponderEliminar
  5. É tudo o que vivemos que faz de nós o que somos.
    Tudo é uma escolha.

    Beijinhos e continuação de bom feriado:)

    ResponderEliminar
  6. Graça,
    Quando se tem a esperança que no final do caminho estão à nossa espera e nos aplaudem, a dor da caminhada é sempre suportável.
    Excelente este teu texto.

    Um beijinho grato

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida nenhuma, embora os aplausos possam ser uma metáfora, aplausos dentro de nós, por estarmos convictos da caminhada...
      Obrigada, Fê, beijinho grande

      Eliminar
  7. O seu texto - em género de parábola - está muito interessante
    e tem um cariz didático muito louvável...
    Gostei da celebração com «sorrisos, palmas e cantares à volta da fogueira.»
    No entanto, é importante ir usufruindo tudo que o percurso
    proporciona...
    Uma prosa perfeita, amiga.
    ~~~~~~ Beijinho ~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito bem visto!
      Aproveitar cada instante...
      Obrigada, beijinhos

      Eliminar
  8. Um caminhar singular, cada um no seu ritmo e
    respiração com o seu tempo de aprendizado,
    porém sem maratona, este mundo já tem
    competição demais que estraga o aprendizado
    único para cada ser!...

    Belo texto reflexivo, Graça.
    Bjs.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, claro, sem maratona, "depressa e bem não há quem" :))
      Obrigada, beijinhos

      Eliminar
  9. Querida Graça seu texto é como sempre excelente, mas se o destino nos der um gatinho manso tudo ótimo, se nos der um leão, vem a pergunta teremos sempre forças para enfrentar ou domar esta fera? Talvez tudo dependa de querermos ou termos a sabedoria suficiente para alcançamos as palmas e a fogueira, como você diz não se pode fraquejar, mas é difícil.
    beijinhos, Léah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, é muito difícil, sem dúvida. Se o leão aparecer, há várias alternativas possíveis, enfrentar, virar as costas...o momento e a força o dirão...
      obrigada, beijinhos

      Eliminar
  10. Magnífico texto, com bons conselhos para a vida.
    Para ler e reler.
    Tem um bom fim de semana, querida amiga Graça.
    Beijo.

    ResponderEliminar
  11. Um texto muito bom !

    E, sim, devemos sempre avançar nem que seja cambaleando.

    Abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, também acho, o caminho é em frente :))
      beijinhos e obrigada, São

      Eliminar
  12. Um beijinho grato amiga Graça e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  13. Voltei e verífico que a roda ainda baila.
    Bj. De

    ResponderEliminar